10/04/2013

Volta do Empeno ou Não (06/04)



Aproveitando um belo dia de sábado, Miguel e eu (Filipe), pelas 9 horas resolvemos dar uma voltinha em estilo do carrocel " A Selva" porque o menino Miguel quase à 2 semanas que não andava e não lhe apetecia ir rolar.
Bem, gps apontado para os lados de Mação, já estava mesmo a ver o que iria acontecer ;)
Saimos da rotunda do Olival em direção a Mouriscas, o que já por si e a frio, as pernas ja estavam bem conscientes de como iriam chegar a casa., posto isto, e chegado as Mouriscas, nariz apontado para Penhascoso, Mação e daqui para Chão de Codes. A ideia era passar pela Amendoa e depois ou Vila de Rei ou passar a N2 para o outro lado e vir para os lados do Penedo Furado.
Confesso que o ritmo era algo elevado e quando cheguei a Amendoa com 40 e picos kms quebrei por burrice minha, por má alimentação. Uma pausa no picoto da Amendoa para umas fotos e lá seguimos caminho.
Daqui para a frente as subidas não eram de muita inclinação, mas bastante longas. 
Resolvemos atravessar a N2 e vir em direção ao Penedo Furado, já sem paragens: Brescovo, S. Domingos, Carvalhal e caselas novamente.
Pela parte que me toca e até porque já tinha feito esta volta ao contrário, nesta versão "sofre-se" um bocado mais, mas será certamente para repetir.
No final de tudo foram 80 kms bem suados com uma boa altimetria onde o divertimento foi mais que muito.
E pronto foi a voltinha estradista do fim de semana.


Texto : F. M.
Fotos : F. M. e Miguel







2 comentários:

Anónimo disse...

Este gajo de barba tá a andar pa caraças.
Lá o homem, dassss. Nhas ricas pernas.

Abraço e boas pedaladas.

F. M.

Carlos cabedal disse...

anda a treinar de noite rsrsrsrsr....